Prosa de Emergência




Chá Mate é dispensável, o Café é urgente. Um bar 

é dispensável,  o convite é urgente. Religião 

é dispensável, Deus é urgente. Uma briga é 

desnecessária, o tapa na cara é urgente. Rancor 

é dispensável, raiva é urgente. Trânsito é 

dispensável, música é urgente. Botão é dispensável,  

camisinha é urgente. Ofensa é dispensável, 

dizer é urgente. A Caras é dispensável, livro 

é  urgente. Estresse é desnecessário. O palavrão é 

sempre urgente. Paixão até pode ser dispensável, 

amar é urgente.  Morrer é inescapável, viver é 

urgente.  





K.C

14 comentários :