Ao amante de Porto Alegre

Moacyr Scliar
23.03.1937 - 27.02.2011
                                       


Escrever... a arte bela e amarga de deleitar um conto.

Morrer... um conto certo com fim, sem início ... e sem deleite.

                                                                                       K.C

17 comentários :

  1. Pois é, realmente um dia as pessoas se vão, mas a escrita de caras como esse ficam, e isso nos consola, ao menos pra gente que gosta, e eu imagino que vc. goste pra ter feito um post, que embora curto tem um grande significado da alma de quem escreve, somente para ele.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. É, as escrituras são infinitamente duráveis...

    E isto imortaliza os que dela, e nela vivem.


    bjo...

    ahhh, blog atualizado, vlw a visita...

    Alan Santos
    http://blog.alansantos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Obrigado pela visita e também estou te seguindo! ;)

    Moacir Cylar - não tive a oportunidade de ler nenhuma de suas 'crias' - quem sabe um dia...

    Boa semana, se cuida! =)

    ResponderExcluir
  4. Pra começar adoro fotos, e gostei muito das fotos do seu blog, frases interessantes

    ResponderExcluir
  5. Mais um dos grandes nos deixa, como porto alegrense que sou sinto a perda deste escritor que narrou bem as as historias da minha cidade. O exercito de um homem só nos deixou ainda mais sós. Boa viagem Moacir.

    ResponderExcluir
  6. Olá Kelly, ótimas as suas páginas.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Bela e merecida homenagem!

    Gostei do seu post. Consegui me identificar com algumas das suas ideias e o seu estilo de escrita!
    Voltarei!

    ResponderExcluir
  8. Kelly, a perda do Moacyr Scliar nos gera um grande vácuo. Li teu comentário em um dos meus blogs, e vim aqui retribuir a visita, e me tornar um seguidor do teu. Olha, entre 93 e 97 vivi intensamente ém santo andré e todo abc. Ainda cultivo grande amizades por aí. grande beijo pra ti

    ResponderExcluir
  9. Tadinho, que Deus o tenha :(

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Um conto sem morte, fica no canto sem suspiro. Mas para contar a morte, preciso é um encontro em vida, pois sem vida, o conto desencanta e não vale nem um conto de réis. Grande escritor, Scliar! Mas parece que um gênio, ao morrer, não mais oferece ameaças aos que ficam, derretendo o orgulho de quem só homenageia mortos, reconhecimentos póstumos. Quer a fama, eu tenho a fórmula: Participe de um BBB ou... morra!! rs... Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. E ele escreveu :
    " O importante é viver com plenitude,
    renascendo sempre,
    em cada manhã...."
    E o poeta continua vivo na sua poesia.
    Bjsss :)

    ResponderExcluir
  13. Olá, parabéns pelo seu Blog!
    Estou lhe seguindo!
    Visite o meu tb, siga-me e concorra a um template personalizado exclusivo!
    bjos,
    Marta.
    http://www.martas-bgfs.com

    ResponderExcluir
  14. Belo post!!!

    Belo blog,gostei daqui... VOltarei mais vezes...

    Convido vc a conhecer meu trabalho (poesia, musica, teatro)

    Ficaria muito feliz!

    http://mailsonfurtado.com

    ResponderExcluir
  15. ostei do teu comentário em meu blog cronicas do seculo. vou ler teu blog. gostei da homenagem ao escritor Moacyr Scliar

    ResponderExcluir
  16. ele não se foi apenas esta esperando a proxima pagina a virar

    www.leandrodemorais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Eu já acho que a morte não é o fim, mas enfim.. hehehe!

    Sou amante de PORTO ALEGRE convicta! Moro aqui e admiro tudo que é nosso!!!
    Parabéns pelo blog!

    BJo

    ResponderExcluir