Pr'aqueles e pra tantos



Saudade,  esta que tanto me dilacera
Choros, estes que tanto são presentes
Amor, este que tanto não encontro
Cidade,  esta que tanto insiste em não me deixar em paz
Insonia , esta que tanto me perturba
Pessoas, estas que tanto me machucam
Sexo, este que tanto não me basta
Bebidas, estas que tanto me servem de escape
Escrita, esta que tanto é minha vida
Loucura, esta que tanto não defino
Sonhos,estes que tanto me perseguem...

K.C


27 comentários :

  1. amigos, estes que tanto me surpreendem com coisas explendidas, ainda bem que podemos escolhe-los

    ResponderExcluir
  2. Menina, poetas e sonhos. realidades e fantasias. Estas tantas que servem de inspiração para o escritor, tanto que ele "burla" a realidade para servir de "atravessador" das ideias alheias. Se a realidade não nos agrada, tome um gole do pequeno deleite que é a vida, que sempre nos brinda com o mais doce dos drinks...o futuro. abraços.

    ResponderExcluir
  3. Parabens o texto é instigante . COm tanta coisa tanto assim da vontade de saber mais sobre elas e sobre vc
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Lindo, lindo, lindo!... Mostrou bem o significado dessas coisas pra sua vida, se é que você está falando de você mesmo, né.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Deleites, estes que tantos são por ti versados!
    A divagação é curta mas dá aquele ar de continuidade, que a maioria das pessoas que lêem já pensa em emendar!
    Bom estar de volta e te ver de volta aos versos, menina Kelly! Tô com você no twitter também.

    ResponderExcluir
  6. A saudade te dilacera, os choros são presentes, o amor não é encontrado, a cidade não te deixa em paz, a insônia te pertuba, as pessoas te machucam, o sexo não te basta, as bebidas são o escape, sonhos te perseguem, a loucura é... ainda é a loucura. Mais negativo que isso, só o Ian Curtis mesmo. Apesar de tudo, escrever é a sua vida, há esperança!

    ResponderExcluir
  7. Tudo o que falta é ruim, mas o excesso dessas coisas não faz bem da mesma forma!
    Parabéns, adorei!

    =)

    ResponderExcluir
  8. que liiiiindo poema minha querida. eis vc mesma. Você, esta que tanto te transcende.

    ResponderExcluir
  9. viiii seu blog na comunidade de blogueiros de SP hehehehhehe
    bem fato o post, gostei mesmo! beijiiinhos

    ResponderExcluir
  10. Muito bem elaborado, fiquei imaginando isso aliado à música, encaixaria muito bem.

    ResponderExcluir
  11. Lindo seu blog!!Adorei!!!
    se quiser, conheça o meu http://artegrotesca.blogspot.com
    bjus

    ResponderExcluir
  12. Estes pequenos deleites, pequenos ou grandes sonhos, a semente de uma grande escritora.

    ResponderExcluir
  13. Poema todo EU. incrível. acho que todo humano passa por isso. realmente bacana.

    http://fragmentosdelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. A vida é uma beleza.. mas pressisamos tambem de dias torduosos e irritantes... Pois não podemos ser felizes todos os dias... seria entediante, ou assustador.
    Belissimo teu poema!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. nossa, flor! mto bom seu blog!
    te vi na comunidade do orkut!
    estou te seguindo ok!
    parabens pelos textos, sao tds de sua autoria?
    =]

    bjss

    ResponderExcluir
  16. É intenso e muito bem escrito. Faz a imaginação da gente viajar!

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. prefiro com sexo, é mais poético que a poesia que tanto me murcha as ...

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito dos textos que encontrei no seu blog. Parabéns. Aguardo sua visita para conhecer o meu cantinho, será bem vinda. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  20. E ás vezes, nada disso nos sacia da vontade incontrolável de saber sobre a vida ^^

    BjauM!


    -ri muito da foto das crianças fazendo xixi na parede UHAUAHUAHUAH mesmo uma delas não conseguindo fazer isso... xD

    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Não são os grandes planos que dão certo; são os pequenos detalhes.
    Muito interesante seu blog. Gostaei!!!

    Bjinhuuuuuuuuuuuuussssssssss

    ResponderExcluir
  22. gostei muito do post!belas palavras

    ResponderExcluir
  23. Os sonhos devem lhe perseguir enquanto a escrita for sua vida. Sem sonhos perseguidores, não há escrita.
    E sua escrita existe, logo, seus sonhos também.

    ResponderExcluir